1- Uso de equipamento de segurança: conhecido como EPI, os equipamentos de proteção individual, são o principal fator de segurança em uma obra. Sua fiscalização deve ser rotineira e seu uso uma prioridade. Cada obra deve utilizar os equipamentos de acordo com os riscos que ela apresenta.

2- Organização, Limpeza e Sinalização: pode parecer estranho, mas é mais comum do que se imagina encontrar canteiros de obras bagunçados e mal sinalizados, o que pode acarretar grande perigo.

Além disso, indicar, de preferência por um sinal colorido, os locais em que se pode cair, contatos com produtos químicos ou um material elétrico exposto é de suma importância.

3- Direção do vento: para que não haja acidentes com resíduos ou estilhaços, é indicado que o trabalhador tenha o vento a favor. Isso pode ser feito através de um planejamento ao revestir uma obra ou recortar uma parede.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, cerca de 700 mil acidentes de trabalho acontecem por ano no Brasil. Com números tão grandes, é imprescindível que se leve a sério o local de trabalho, e as medidas necessárias para que esses problemas diminuam.

 

Gostou das nossas 3 dicas para evitar acidentes na construção civil? Leia mais artigos como este aqui em nosso blog e siga-nos nas redes sociais!

Voltar