Se você tem interesse em atuar no mercado da construção civil, saiba que nem sempre é necessário iniciar com uma graduação em engenharia. O setor da Construção Civil é um dos mais dinâmicos e uma das áreas que mais cresceram nos últimos anos. Apesar das oscilações da economia, a demanda por profissionais especializados ainda é crescente e é possível ingressar no mercado de trabalho fazendo um curso tecnológico, com duração a partir de três anos.
Veja abaixo quais são os cursos tecnólogos em Construção Civil e saiba que tipo de profissional é formado em cada um deles.

Tecnólogo em Construção Civil – Construção de Edifícios

O objetivo deste curso é formar profissionais capazes de planejar, gerenciar e executar obras de edifícios. Eles acompanham e fiscalizam o desenvolvimento de atividades em todas as etapas da construção, desde planejar o cronograma até o gerenciamento dos resíduos da obra.
O curso inicia com disciplinas básicas nas áreas de Física, Estatística, Geometria, Desenho Técnico, Química e Mecânica Geral.
As disciplinas específicas da profissão envolvem: Topografia, Geologia, Hidráulica, Materiais, Solos, etc.
O tecnólogo em Construção de Edifícios tem a responsabilidade de gerenciar um canteiro de obras preocupando-se em otimizar os recursos disponíveis, respeitar, conservar o meio ambiente e garantir a segurança.

Tecnólogo em Construção Civil – Habilitação em Estradas

Como o nome já indica, o foco deste curso é a construção de vias terrestres. O tecnólogo em Estradas atua no planejamento e execução de obras rodoviárias como, por exemplo, a implantação e manutenção de estradas.
A grade curricular da habilitação em Estradas é semelhante à de Construção de Edifícios no que diz respeito às disciplinas básicas (Cálculo, Geometria, Física, Desenho, etc.) e às disciplinas formativas (Geologia, Resistência de Materiais, Estruturas, Materiais de Construção, entre outras) que constituem a base para as matérias específicas.

Dentre as disciplinas específicas do curso de Construção Civil – Habilitação em Estradas, podemos citar:
– Projeto de Estradas
– Pavimentação
– Tecnologia dos Transportes
– Movimento de Terra
– Topografia
– Materiais de Construção Rodoviária
– Estudos de Tráfego
– Conservação de Estradas
– Avaliação de Projetos de Estradas

Diferenças entre Tecnólogo em Construção Civil e Engenheiro Civil

Estes dois profissionais possuem formação de nível superior e atuações semelhantes no setor da Construção Civil.
O tecnólogo possui uma formação mais específica, voltada a um dos segmentos da Construção Civil (Edifícios ou Estradas).
Já o engenheiro possui uma formação mais ampla, com uma maior carga de disciplinas básicas e a possibilidade de atuar em diversos setores da Construção Civil como, por exemplo, a construção de túneis, viadutos, pontes, casas, barragens, reservatórios, plataformas, rodovias, etc.

Você tem interesse em seguir carreira na área de Construção Civil? Qual destas duas habilitações mais se encaixa em seu perfil? Conte para a gente aqui nos comentários!

Voltar