Para saber como investir da melhor maneira, é necessário acompanhar as tendências do mercado imobiliário. Afinal, construir um imóvel para vender é um risco já que não há uma forma exata de saber quais serão os lucros. As tendências da engenharia civil também devem guiar as empresas na hora de optar por um empreendimento.

É preciso analisar a situação econômica do país e da região em que se pretende investir. A escolha de como vendê-lo também é importante, já que com o avanço das tecnologias as formas de consumir vem mudando. Entenda melhor quais são as tendências do mercado imobiliário:

Queda nas taxas de juros

Ao que tudo indica, as condições de financiamento ficarão melhores. Algo que certamente atrairá mais consumidores para o setor; pois com taxas de juros mais baixas, há uma maior facilidade para que a população possa investir em imóveis.

Aumento da população sênior

Como a expectativa de vida da população está aumentando e, em contrapartida, a taxa de natalidade diminuindo, o número de jovens caiu. Sendo assim, as tendências do mercado imobiliário se voltam para a população sênior, com idades mais avançadas.

Outra mudança importante é o fato de parte da população mais velha possuir grande poder aquisitivo, o que aumenta a procura por imóveis de alto padrão. Nesse setor, é provável que os consumidores busquem por exclusividade e luxo.

Foco na eficiência – e não no tamanho

Mais uma das tendências do mercado imobiliário é a procura de imóveis que sejam mais compactos e funcionais, prezando pela eficiência. Há pouco tempo, o padrão de um imóvel era por volta de 100 m². Mas atualmente nos grandes centros, é cada vez mais comum encontrarmos imóveis com 60 m² e até de 10m², conhecidos como microapartamentos.

Uso de soluções tecnológicas

Além de todas as tendências do mercado imobiliário já citadas, uma das mais importantes é o avanço da tecnologia no canteiro de obras, nos próprios imóveis e no processo para a venda dos mesmos.

Hoje, os consumidores têm demandado cada vez mais por soluções tecnológicas na hora de comprar um imóvel, e na hora de vender, a tendência é um maior uso das plataformas e dos agendamentos online. Além de vistorias e entregas mais tecnológicas, com acompanhamento via dispositivos móveis e registro de imagens.

Ao seguir as tendências do mercado imobiliário, as construtoras podem ter mais precisão ao obter um lucro considerável. Além disso, é importante adotar métodos eficientes na hora de construir!

Voltar