O setor da construção civil no Brasil foi impulsionado fortemente com o lançamento de programas de habitações sociais populares pelo governo federal, como o MCMV (Minha Casa Minha Vida). O objetivo dos programas de habitação de interesse social é poder realizar o sonho da casa própria de brasileiros com baixa renda. Além disso, o intuito também é fornecer emprego para diversos trabalhadores no setor da construção civil, fomentando a economia.

Além disso, o governo também busca estimular a modernização do setor da construção e a inovação tecnológica. As ideias e conceitos por trás do MCMV e do Casa Verde e Amarela são bem semelhantes. Eles se baseiam no subsídio do governo para entregar habitações com qualidade, financiamentos acessíveis e com taxas de juros baixas. Por isso, se espera que, assim como foi com o MCMV, o novo programa gere bons resultados para o setor da construção civil.

Expectativas para o setor da construção civil

A meta do governo federal é atender até 1,6 milhão de famílias de baixa renda até 2024, criando edificações populares acessíveis. Dessa forma, as empresas, principalmente construtoras, devem ficar atentas aos novos procedimentos e requisitos para participar do programa Casa Verde e Amarela.

O governo federal também prometeu finalizar as obras do Minha Casa Minha Vida, tanto as em andamento quanto as que foram paralisadas. Com isso, a esperança é de que logo a indústria da construção civil tenha uma recuperação rápida impulsionada pela realização dessas obras.

Voltar