O setor da construção civil apresenta alguns riscos aos operários, pois lida com maquinários de grandes proporções, além das rotinas mais pesadas. No entanto, os acidentes de trabalho que ocorrem ao longo da execução de uma obra podem ser bastante minorados e até suprimidos por completo, a partir de certas medidas na gestão da segurança e saúde dos trabalhadores. Você gostaria de saber como poderia aumentar a segurança de seus operários e colaboradores em uma obra?

-Tenha uma equipe de operários conscientizada – Os trabalhadores precisam não só entender como os processos de transporte e montagem devem ser cumpridos e por que são assim, mas, também, ficar atentos em relação a todos os fatores e às características do local de trabalho.

-Use equipamentos de proteção – Os riscos das operações e do ambiente laboral demanda o emprego de EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva), como é o caso dos pisos antiderrapantes, o enclausuramento acústico de fontes de ruído ou os sistemas de ventilação, por exemplo.

Quando os riscos não são evitados pelos EPCs, a medida protetiva passa a ser contemplada pelos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), que consistem nos dispositivos usados por um trabalhador em particular, para livrar-se de riscos eventuais à sua saúde ou segurança quando for desempenhar sua atividade.

-Faça um planejamento adequado – Um bom planejamento abrange não só uma correta análise dos materiais e equipamentos que serão usados naquele serviço, mas também quais serão as melhores técnicas e as formas mais seguras para executar cada etapa da construção.

-Elabore um cronograma realista – Uma das mais usuais causas de acidentes nos canteiros de obras e construções é a aceleração indevida das operações, tanto no que diz respeito aos transportes de materiais, na realização das instalações ou em qualquer outro serviço que demanda risco aos trabalhadores.

Portanto, a principal forma de evitar o aumento de velocidade ou a fadiga nesses ambientes de trabalho é esquematizando um cronograma que seja viável, levando em conta nessa elaboração os dias que eventualmente se possa ficar parado por causa de imprevistos ou força maior.

A prevenção de acidentes e a constituição de uma boa gestão de segurança devem ser práticas que façam parte da cultura organizacional de qualquer empresa de construção. Como sua empresa lida com esses fatores?

Voltar