Ter uma equipe qualificada significa que além de contratar uma mão de obra capacitada e fornecer treinamentos adequados, também será necessário saber liderar e gerenciar ela.

Para as tarefas fluírem, os profissionais precisam estar sintonizados, cientes das suas funções e também dos objetivos de cada etapa. Por isso, é crucial que a empresa otimize a comunicação interna, garantindo uma integração entre os trabalhadores.

Além disso, dar feedbacks periódicos sobre o desempenho dos funcionários é muito importante. Com eles é possível expor com clareza os pontos que podem ser melhorados e os pontos fortes de cada colaborador, de forma a orientá-los. Dessa forma, o gestor melhora a comunicação e consegue inspirar a equipe a buscar uma melhoria contínua em seus trabalhos, focando sempre em entregar os melhores resultados e cumprir os prazos estipulados.

Vale ressaltar ainda que não adianta só fornecer treinamentos e capacitações para os colaboradores sem que haja um incentivo para que eles participem.

O líder da equipe precisa explicar a importância dos treinamentos, orientar como funciona o processo e também incentivar a participação de todos. Assim, o aproveitamento dos funcionários durante os processos de capacitação serão ainda melhores.

Você sabe quais são os principais treinamentos na construção civil?

Cada obra é única e possui aspectos construtivos diferentes, exigindo também treinamentos e capacitações exclusivos para cada caso. Existem alguns treinamentos que são comuns em todas as construções, principalmente os exigidos pelas Normas Regulamentadoras (NRs).

Entre os treinamentos presentes nas normas podemos destacar:

  • Orientações sobre uso de EPI e EPCs, normatizado pela NR 6;
  • Segurança em instalações e serviços de eletricidade, regido pela NR 10;
  • Cuidados no transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais, presente na NR 11;
  • Utilização segura de máquinas e equipamentos, abrangido pela NR 12;
  • Orientações e segurança nas atividades insalubres e perigosas, presentes, respectivamente, na NR 15 e NR 16;
  • Questões de ergonomia no canteiro de obras, normatizado pela NR 17;
  • Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção, presente na NR 18;
  • Segurança nos trabalhos em altura, regido pela NR 35.

 

Gostou do conteúdo? Não esqueça de continuar acompanhando os posts aqui no blog!

Voltar