A principal função da segurança do trabalho é proporcionar proteção aos trabalhadores, buscando sempre minimizar e também evitar acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, o que geralmente acontece nas empresas e indústrias. Segundo dados apresentados pela Previdência Social, o número de afastamentos por acidente de trabalho foi 1,8 milhão entre 2015 e 2019.

VEJA ALGUMAS DICAS PARA QUE VOCÊ NÃO TENHA MAIS PREOCUPAÇÕES:

Faça uso dos equipamentos – O uso do EPI é muito importante para que seja possível garantir a saúde e a proteção do trabalhador. A norma regulamentadora conhecida como NR 6, estabelece que os equipamentos sejam distribuídos de forma gratuita.

Se atente às sinalizações – Muitas pessoas ignoram, mas as placas de sinalização são itens muito importantes dentro das empresas porque passam toda orientação necessária tanto para os funcionários como também para os visitantes.

Elas indicam entrada, saída, saída de emergência, escadas, onde encontram-se os extintores de incêndio, entre outros. Por isso a utilização é imprescindível.

Profissionais ajudam profissionais – É muito importante que as empresas contem com uma equipe especializada em segurança do trabalho, as quais geralmente contam com médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares. Portanto, em qualquer sinal de dor ou desconforto enquanto desenvolve suas atividades, procure pelos profissionais da área de segurança do trabalho.

Regulamentação por lei – Atualmente no Brasil, existem mais de 30 normas regulamentadoras, as famosas NR’s e muitas outras portarias, as quais precisam ser seguidas. Sendo assim, é possível encontrar as penalidades e também as multas que podem ocorrer caso as normas não sejam seguidas.

Depois de saber um pouco mais sobre os questões que envolvem acidentes de trabalho, como evitá-los, as normas existentes e o que fazer em situações de risco, suas preocupações e dúvidas sobre o assunto com certeza vão diminuir.

Voltar