Acompanhar as tendências da engenharia civil é um requisito para qualquer empresa e profissional que deseja se manter competitivo em um mercado repleto de avanços e transformações.

Com o uso de equipamentos, materiais e técnicas construtivas modernas, podemos criar construções mais leves, sustentáveis e duráveis. Tudo isso ajuda a reduzir os custos, melhora a produtividade, a eficiência e oferece uma construção que visa uma melhor qualidade de vida para os clientes.

Confira, a seguir, quais são as tendências mais esperadas pelo mercado de construção civil no Brasil para o ano de 2022:

Foco na sustentabilidade

A preocupação com a sustentabilidade das obras tem sido cada vez maior nas construtoras, afinal, trata-se de um tema cada vez mais discutido em nossa sociedade e valorizado pelo mercado em geral.

Avanços na experiência dos usuários

Proporcionar uma experiência única, incrível e marcante aos consumidores é uma das exigências mais relevantes do mercado contemporâneo, afinal, existem opções de compra e acesso à informação em um nível nunca antes visto, fato que também aumenta a exigência dos clientes.

Uso de drones

Já muito comuns no mercado, os drones são itens cada vez mais recorrentes no segmento construtivo, dada a sua capacidade de capturar fotos e vídeos, ou até mesmo de fazer medições, em locais antes de difícil acesso.

Construção industrializada

A realização de obras por meio da montagem modular de peças pré-fabricadas é uma técnica utilizada em larga escala há anos em países desenvolvidos. Já no Brasil, essas tecnologias vêm tomando cada vez mais espaço ao longo dos últimos anos, principalmente nas obras de grandes dimensões.

Urbanização inteligente

Com o uso de novas tecnologias e com a integração de dados, a capacidade de planejamento urbano será melhor, maior e mais sistêmica. Todas as edificações da cidade estarão conectadas e trabalharão em conjunto, melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Máquinas automatizadas

Através da Inteligência Artificial (IA), as máquinas conseguem, por exemplo, construir uma parede inteira encaixando os blocos cerâmicos com uma margem de erro baixíssima. Outra vantagem é que a utilização desses equipamentos robóticos reduz o risco de acidentes com operários.

Ainda se tratando dos avanços tecnológicos na construção civil, uma parceria entre o CBIC e o SENAI, o Construção 2030 é um projeto que define ações para um planejamento estratégico para o futuro da construção no Brasil, ajudando as empresas a compreenderem as tendências. O projeto já traz informações sobre inovações importantes como coworking, coliving e colearning, canteiros zero resíduo e casas ativas e com zero manutenção.

Gostou de saber mais sobre as tendências da engenharia civil para 2022? Quer ficar por dentro de ainda mais novidades e avanços da construção civil? Então não deixe de acompanhar nosso blog!

Voltar